No escuro - In the dark



 Português      English

A comida é uma das principais fontes de prazer para muitos de nós. Comer é muito mais do que uma necessidade fisiológica. É uma experiência sensorial, emocional, cultural e social. O ato de nos sentarmos a uma mesa para comer ativa os nossos sentidos, mexe com as emoções e alimenta o nosso círculo social. E isso acontece nas nossas casas, nas casas dos outros ou em restaurantes. Para mim os restaurantes permitem-nos experiências que não conseguimos ter em casa. A gastronomia tem tido uma grande evolução, tão grande que só é possível acompanhá-la se nos dedicarmos profundamente a essa área. Eu, sinceramente, acho que não tenho jeitinho nenhum e deixo isso para quem realmente sabe o que faz, até porque é necessário muito mais do que apenas jeito. 

Há restaurantes que são familiares, como uma segunda casa. Na altura de escolhermos sabemos que é uma escolha segura, e que iremos obter o que sabemos ser uma boa experiência. Depois há aqueles mais excêntricos, que merecem uma visita de vez em quando, sempre que queremos saborear algo diferente e termos uma "viagem" para um "país" diferente por umas horas. Há também os que escolhemos para comemorar uma data especial. Por fim, há uns que de tão extraordinários que são em termos de conceito e experiência, valem a pena a ida nem que seja uma vez na vida. 

É desse tipo de restaurante que vou falar agora. Essa minha experiência tem o nome “NOIR”. NOIR é um restaurante em Ho Chi Minh, Vietnam. E o que é que o distingue dos outros restaurantes? Como o próprio nome indica, foi uma experiência "negra", para a qual fui completamente às "cegas". Olhem para tudo o que vos rodeia... cheio de imagens, cor e brilho. Agora tentem fechar os olhos e imaginem-se sem visão... Entre os cinco sentidos, a visão tem um papel muito importante. Pensem quão diferente seria o vosso mundo se apenas sentissem o mundo apenas através das outras faculdades sensoriais. Os aromas assumem maior relevância, o gosto fica mais intenso, a audição mais sensível e o toque mais delicado.



É disto que se trata no restaurante NOIR, uma experiência única que altera a nossa percepção do mundo, onde o cheiro, o gosto, a audição e o tato se unem para que nos adaptemos a uma realidade de plena escuridão. 


O restaurante funciona às escuras e colabora com três associações de invisuais locais. É das poucas oportunidades de emprego disponíveis para estas pessoas. A experiência começa no salão de entrada do restaurante onde ainda podemos ver graças a uma iluminação que ainda nos auxilia. Nesta fase descrevem-nos o conceito, e escolhemos o menu que nos irá ser servido: oriental, ocidental ou vegetariano. Apenas é escolhido o tipo de menu porque os pratos são deixados em mistério. De seguida, colocam-nos uma venda nos olhos e são-nos dados alguns jogos de adaptação à ausência de visão. Antes de prosseguir para a sala de jantar temos de deixar num cacifo todos os objetos emissores de luz. É-nos atribuído um guia/empregado de mesa que nos encaminha por umas escadas acima para uma sala no piso superior. Esse percurso vai-nos levando para a obscuridade total e somos conduzidos até à nossa mesa. Indicam-nos uma cadeira através do tato e é-nos pedido que sintamos os limites da mesa e o posicionamento dos nossos talheres, guardanapo e copos. 



Seguem-se os "pratos" que têm divisões para separar as diferentes comidas. Na falta de visão, todos os outros sentidos são ampliados, parece que falamos demasiado alto e o sabor dos alimentos altera-se. Há coisas que não conseguimos identificar de todo, outras parecem uma coisa num momento e outra noutro. A refeição parece-nos muito longa, mas durou menos de uma hora. Ao terminar a refeição, o guia conduz-nos de novo à sala de entrada onde nos são apresentadas as imagens dos pratos que experimentámos. É normal que a visão leve alguns momentos a adaptar-se novamente à luz. Saímos com uma sensação indescritível de termos ganho uma consciência sobre a vida das pessoas que ali trabalham que nunca seria possível obter de outra forma. Resumindo: come-se bem, mas o fundamental da experiência não foi a comida... Esta experiência foi um desafio em termos sensoriais, mas foi também uma epifania sobre realidades nas quais nem sempre paramos para pensar.

https://www.noirdininginthedark.com/


Comentários

  1. Adorei esse restaurante..adoro gastronomia,e restaurantes diferentes,e a sensação de não saber o que ta comendo me gela a alma..mas e um frio bom..kkkkkque curiosidade que fiquei...bhs

    ResponderEliminar
  2. Eu costumo dizer que existe um tipo de comida e um tipo de restaurante para cada momento, o dia-a-dia, momento especial, etc.. Adorei o conceito do restaurante e adorava participar nessa experiência!

    ResponderEliminar
  3. Meu Deus! Eu sou praticamente colecionadora de restaurantes bons. Sempre sei pra onde ir. Pena que esse é tão longe :( queria muito conhecer esse com um estilo tão diferente.. Amei o teu post! Bjos, Marinspira <3

    ResponderEliminar
  4. É maravilhoso encontrar um restaurante que tenha uma ótima comida isso dá um prazer muito grande em entrar em um restaurante assim. Achei interessante que o restaurante funciona às escuras, deve ter sido uma experiência incrível, gostei muito do restaurante gostaria de conhecer esse restaurante, bjs.

    ResponderEliminar
  5. Que texto lindo,só pelas suas palavras já me deu uma vontade de conhecer o lugar!Pena que é longe,mas parece ser incrível!Adorei seu texto.

    ResponderEliminar
  6. Boa noite, como vai? Gostei bastante do seu compartilhamento e confesso que fiquei ate curiosa em conhecer um lugar assim

    ResponderEliminar
  7. fantástico!!!! deve ser uma experiência e tanto, será se tem em outros lugares do mundo um restaurante como esse?

    ResponderEliminar
  8. sem duvida é uma experiencia única e que me deixou morrendo de vontade de experimentar!
    por aqui nao tem nada parecido eu acho e adorei sua descrição do local

    ResponderEliminar
  9. Te juro como eu gostaria de ter essa experiência.
    Seria muito inovador pra mim...

    ResponderEliminar
  10. Fiquei muito tentada em experimentar a comida, me deixou com muita água na boca

    ResponderEliminar
  11. Oi, tudo bem?
    Nossa amei achei bem diferente e agradável.
    A foto desse prato está muito linda!

    Te espero em meu blog!
    Beijinhos
    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  12. Adorei esses restaurante, já tinha ouvido falar sobre, gastronomia é uma arte, adorei o artigo!

    ResponderEliminar
  13. Deve ser uma experiência e tanto!
    Mas não sei se teria coragem de comer sem ver. Eu sou chatinha com algumas coisas e ia dar muito ruim. Já meu marido ia amar, com certeza.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães Iriarte
    Alineland

    ResponderEliminar
  14. SOU MEIA QUE CHATA PRA COMER NÃO SEI SEERIACORAGEM PRA COMER SEM OHAR PARABENS PRA QUEM CONSIGA



    http://mundodaveeh.wordpress.com

    ResponderEliminar
  15. Parece ser um lugar muito bom!Adoraria conhecer!bjo

    ResponderEliminar
  16. Que diferente, deve ser muito legal a experiencia. Obrigada por compartilhar com a gente!

    ResponderEliminar
  17. Muito inovador e bem convidativo esse restaurante. Deve ser uma experiência unica!

    ResponderEliminar
  18. Que experiência diferente deve ter sido! Achei o máximo essa ideia, comer sem ver, ao mesmo tempo deve gerar curiosidade e um certo frissom. Poderia ter um assim por aqui.

    ResponderEliminar
  19. Uau, ir nesse restaurante deve ser uma experiência fantástica, ótimo post.

    ResponderEliminar
  20. Não conhecia esta ideia, mas acho super interessante!!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/01/dream-trip-primeiro-dia-em-bruxelas.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  21. Que incrível! Deve ter sido ótimo experimentar essa delícia

    ResponderEliminar
  22. Que curiosa...achei super interessante...não sei se teria coragem, mas fiquei curiosa
    Gostei, muito legal.
    Blog ArroJada Mix

    ResponderEliminar
  23. Que diferente, não tinha ouvido falar em restaurante assim
    bem inovador
    bjs

    ResponderEliminar
  24. já tinha visto em filmes e confesso que me deixa medrosa mas também curiosa :D
    O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
  25. Achei bacana essa experiência sensorial proposta pelo Restaurante Noir.
    Deve ser uma experiência fantástica e única.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderEliminar
  26. Que experiência super legal! Adorei saber mais e de ver que vc trouxe para gente

    ResponderEliminar
  27. Nossa que diferente , mas achei meio estranho rsrsrs

    ResponderEliminar
  28. No escuro! Que ideia bacana! Ah eu queria sentir a sensação !

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares